Causas Sociais <3

Os alunos de Digital 1, matéria dos Cursos Regulares da Miami Ad School, sob orientação da professora Alessandra Muccillo, desenvolveram 4 ideias que estão começando a ganhar o Instagram. O briefing: gerar engajamento.

Um dos projetos, #colandoamor, conquistou mais de 600 seguidores em 5 dias. Agora, a missão dos alunos é trabalhar a comunicação, para tornar as ideias conhecidas e engajar o maior número de pessoas possível.

Conheçam um pouco mais sobre cada um dos projetos abaixo e, claro, sigam os perfis e ajudem a divulgar. : )

@CasaProDog
O projeto incentiva futuros moradores da Vila Madalena a adotarem cachorros.
Sabemos que existem aproximadamente 2 milhões de animais abandonados nas ruas. E também é fato que as pessoas estão preferindo alugar um imóvel a comprar. Então os alunos Thamara Pinheiro, Lucas Gonçalves e Guilherme Varella pensaram “Por que não unir as duas coisas?”
Aí surgiu o Casa Pro Dog, que localiza os melhores imóveis que estão para locação no bairro da Vila Madalena e incentiva seus futuros moradores a levar um cachorrinho para morar com eles. Para cada tipo de imóvel, o projeto sugere um cachorro, baseado no tamanho do animal e do ambiente. A iniciativa leva cartazes para a frente desses imóveis com a pergunta “Sabe quem quer morar aqui também?”. A ação continua no Instagram com dados dos animais e dos imóveis.

@lugardemulher_nahistoria
A ação traz nomes de mulheres importantes para as ruas de SP.
Mulheres enfrentam barreiras a todo momento, uma delas é a falta de reconhecimento na história. A maior prova disso são as ruas, onde menos de 20% das vias que têm nomes de pessoas, homenageia mulheres. Foi assim que nasceu o movimento “Lugar de mulher é na história”, idealizado pelos alunos Tábatha Barros, Lucas Gabriel Rocha e Caique Guadanucci.
Diversas placas com o nome de mulheres brasileiras que marcaram a história de São Paulo, do Brasil e do mundo, foram espalhadas por SP. No Instagram é possível conhecer a história de cada uma delas e participar do abaixo-assinado pedindo por uma maior representatividade feminina nos títulos das ruas do nosso estado.

@spsembalde
Baldes são espalhados por São Paulo para alertar sobre nova crise hídrica.
Criado pelos alunos Andressa Cruz, Bruno Picchioni, Junior Santos e Loiana Cortez, o projeto espalhou baldes pela Avenida Paulista, para alertar a população, de forma irreverente, sobre possível crise hídrica em 2019. No Instagram os internautas encontram dados sobre o abastecimento em São Paulo e dicas de como economizar água.

@colando.amor
Frases de amor e tolerância são coladas em lugares onde acontece violência contra a comunidade LGBTQ+.
A ideia dos alunos Aurélio Vinicius, Dani Fernandes, Diego (Nöah) Volpi e Mariana Aguilar, nasceu para conscientizar as pessoas sobre o ódio e a violência contra a comunidade LGBTQ+ que, infelizmente, existe em nosso país. O projeto mapeou as regiões em São Paulo com mais violência contra a comunidade e deixou em cada uma delas uma mensagem de amor. Os cartazes, que trazem as cores presentes na bandeira LGBTQ+, usam frases preconceituosas de forma desconstruída, como, por exemplo,Viado bom é viado morto. De tanto bater cabelo na pista.”. Além de criar um código visual de alerta sobre possíveis ataques, o projeto mostra a força e a união da comunidade. No Instagram, as pessoas descobrem os locais de ataque e podem se engajar em ações contra incidentes. Quem quiser, pode participar ativamente na colagem de cartazes e adesivos. Basta entrar em contato com o grupo de alunos pelo Instagram para receber o link com as peças.

By |2018-12-07T16:09:40+00:00dezembro 7th, 2018|Uncategorized|0 Comments