Fascinado pelo comportamento humano, o estrategista usa a lógica, dados, ciência e até a mitologia na sua
jornada de criatividade. Identifica problemas, necessidades e oportunidades que possam gerar ideias, experiências inovadoras, soluções de produtos e serviços e, até mesmo, a transformação total de negócios.