Módulos* | Sprint de Estratégia de User Experience

Cadência pedagógica em 3 módulos evolutivos e complementares: Estratégia e Experiências; Design de Serviço e Ágil; Produtos e Serviços.

O calendário do programa, com a ordem das aulas, será enviado aos alunos inscritos na véspera do início do curso.

ESTRATÉGIA E EXPERIÊNCIAS

Aula Inaugural
Nesta aula vamos conhecer a turma, conversar sobre perspectivas do mercado e olhar mais de perto para como será o curso, além de receber as orientações para o desafio prático, que será desenhado junto com a turma e executado ao longo dos módulos.

Design Thinking | Aula Nova
Durante um encontro de 3 horas, os participantes terão a oportunidade de aprender na prática os fundamentos e premissas básicas do Design Thinking, uma abordagem centrada no usuário para resolução de desafios de negócio. Além de conceitos introdutórios, passaremos brevemente pelas etapas de entendimento, análise, ideação, prototipagem e teste, buscando identificar reais necessidades dos usuário e cocriar soluções desejáveis para os usuários, viáveis economicamente e factíveis tecnologicamente.

Journey
Sketching user journey and experience mapping. Vamos falar de como mapear a jornada do usuário, identificando suas etapas e motivações. Através da jornada, seremos capazes de identificar quais são as principais oportunidades para produtos e serviços. Falaremos sobre métodos diferentes para identificar touch-points e elaborar interações mais complexas. Também abordaremos a maneira de apresentar esses resultados, que servirão como base para insights e como referência durante o desenvolvimento do projeto.

Quantifying UX
Métricas e data science. Métricas sob dois pontos de vista: o viés do negócio e a perspectiva da evolução do produto. Do ponto de vista do negócio, vamos discutir como comprovar. O resultado do investimento em UX, indicadores e métricas relevantes para tornar o time de UX mais estratégico e formas de justificar investimentos em pesquisa e design. Na ótica do produto, vamos entender como usar métricas e dados de comportamento do consumidor para melhorar a experiência de uso. Vamos falar sobre formas de combinar técnicas de pesquisa qualitativas com insights gerados via big data.


DESIGN DE SERVIÇO E ÁGIL

Design de Serviço
Negócio, criatividade e as expectativas líquidas. Conectar as necessidades das grandes corporações, que precisam se reinventar, com vontade e ambições dos criativos de transformar e melhorar a vida das pessoas, requer abordagens, ferramentas e conhecimentos particulares. O design de serviço é onde esses pontos se encontram e onde somos encorajados a ver o mundo de uma forma diferente, entendendo necessidades de negócio, emoções e desejos das pessoas, que mudam a todo instante, fazendo acontecer.

O Trabalho é um Reflexo do Processo (Agile/Squads/Canvas)
Se o processo de trabalho é refletido na entrega final, então como fazer com que as pessoas trabalhem melhor? De um jeito mais colaborativo? De uma forma mais eficiente? Essa é a aula em que teoria e prática estão andam lado a lado. Nela, os alunos aprenderão metodologia de processo de trabalho como AGILE, a formação de Squads e elaboração de Canvas. *A aula será dada na HandMade, consultoria de Design.

PRODUTOS E SERVIÇOS

Mindset
“Empatia e busca de informações na criação de um produto. No Nubank sempre questionamos tudo e evoluímos nossos processos. Acreditamos que não existe receita de bolo. Contextos diferentes exigem soluções diferentes. Baseado nisso vou compartilhar os pontos mais importantes na criação de um produto e como fazemos isso. Desde explicar um pouco do nosso mindset e o que nos guia, até mostrar como fazemos para entender melhor nossos clientes e como juntar tudo isso para criarmos ou melhorarmos a experiência Nubank.” Erick Yamashita.

Fluxos
Fluxos, wireframes e ação! Quando a estratégia começa a virar realidade. Dizem que no cinema o filme só nasce mesmo quando passa pelo processo de montagem e edição. No desenvolvimento de experiências digitais não é muito diferente. Quando fluxos são convertidos em wireframes, e estes em layouts e códigos, tudo pode acontecer. Nesta aula, vamos dar dicas e exercícios práticos para garantir que seu “roteiro” tenha a melhor “direção”. Você vai descobrir como falar a mesma língua de visual designers, motion prototypers e programadores, entre outros profissionais. Certamente um diferencial para o sucesso de seu produto.

Acessibilidade
Hora de projetar experiências acessíveis. Acessibilidade permite que pessoas percebam, compreendam, naveguem e interajam no seu dia a dia sem enfrentar qualquer tipo de incompatibilidade. Não vai ser uma aula teórica, vai ser voltada para Experiência do Usuário, com foco estratégico e prático. Vamos refletir bastante sobre os hábitos e começar a pensar com mentalidade acessível desde os primeiros passos de um projeto.

UX Research Validação
Como a pesquisa de UX pode ajudar a levantar insights, validar e potencializar seus projetos digitais. Vamos falar de pesquisa sempre com um foco em Experiência do Usuário. Com um cardápio de opções, como escolher a técnica certa para cada objetivo. Pesquisa como forma de identificar oportunidades de negócio e diferenciação.

Design Sprint
Metodologias de prototipação e mão na massa – cliente real. Jornada de solução de problemas que faz uso do formato de “Sprint”, uma metodologia que tem por princípio reunir um grupo de pessoas em um tempo específico para solucionar um caso através de design, prototipagem e teste de ideias com usuários de forma ágil. Durante a experimentação desse sprint adaptado, o aluno irá trabalhar de forma prática, aplicando os conhecimentos adquiridos durante o curso no projeto prático.

*Os módulos podem sofrer alterações sem prévio aviso.