Programa | Creative Technology da Miami Ad School São Paulo

Diretor Acadêmico: Paulo André Bione

Coordenação: Thiago Avancini (Pesquisador e Desenvolvedor de Novas Tecnologias da Amazon) e Renato Jun Okida.

Inspire-se: Portfólio Thiago Avancini. Portfólio Renato Jun.

PROJETO

No segundo trimestre o briefing do projeto final será passado na aula inaugural.
No início do trimestre, iniciam-se, junto a um dos módulos, a orientação para o projeto.

Criação I, II e III

Nesses primeiros três módulos, os alunos terão aulas em conjunto com as turmas de Direção de Arte e Redação Publicitária.


Criação I

Redação: Comece com uma Ideia

Primeira disciplina de criação do curso. Seu primeiro contato com um vocabulário de propaganda mais sofisticado. Aqui você vai entender que tudo começa com aprender a ter ideias. De todos os tamanhos e formatos. Aprenderá técnicas de redação: desenvolvimento de textos e títulos. Vai dar os primeiros passos sobre conceituação. E o principal: começará a desenvolver um critério. Este vai ajudar você a distinguir o que é um trabalho criativo e o que não é. E, claro, vai trabalhar muito.

Criação II
Direção de Arte Básica

Nessa disciplina, o aluno vai entender a importância de pensar visualmente. Seja do ponto de vista da ideia, seja do ponto de vista da execução. Vai ser apresentado ao universo da direção de arte e suas possibilidades. Print, board, digital, tudo tem direção de arte. Vai entender a evolução visual que vem passando nossa indústria. Vai conhecer clássicos. Vai conhecer o futuro. E se preparar para ele. Esta é uma aula para criativos. Mas os estudantes de direção de arte é que serão os mais cobrados pela execução das peças.

Criação III
Faça Bonito: Apresente bem suas Ideias

Apresentar ideias é tão importante quanto ter ideias. Nessa disciplina você vai aprender a apresentar melhor seus trabalhos. A fazer um board bem feito, exatamente como as agências inscrevem nas grandes premiações internacionais. A vender sua ideia melhor. Vai entender como criar um videocase. Como se apresenta uma campanha integrada.

Digital Ideas

Aqui o enfoque é na sinergia entre conhecimentos técnicos em desenvolvimento web e criatividade. Alguns assuntos abordados: como estudar API’s, como testar recursos e serviços disponíveis on-line e a visão de um criativo frente a todos esses recursos.

Divisão do módulo:

  • O que é criatividade e qual a diferença da criatividade digital?
  • Isso funciona mesmo? (estudo de cases);
  • Aprendendo a estudar referências (repertório Creative Tech);
  • Desktop;
  • Mobile;
  • VR, AR, MR;
  • Instalações interativas;
  • Dados em todos os lugares;
  • Data visualization;
  • Processing;
  • Imaginação tecnológica.

The Hacker Way

Vamos praticar e navegar por eletrônica e microcontroladores. Se a eletrônica está presente em nosso dia a dia, é preciso aprender a ter o “Hacker way to think”, importantíssimo para o Creative Technologist.

Esse módulo também é dividido em partes:

  • Introdução;
  • Sensores;
  • Atuadores;
  • Microcontroladores;
  • Internet of Things;
  • Plataformas (Raspberry Pi, Arduino, ESP8266/Nodemcu, Flora, littleBits);
  • Outros recursos criativos (linhas condutivas, tintas condutivas, EL Wire);
  • Exemplos criativos e cases reais;
  • Prototipação;
  • Hacking as a Way of Thinking (desconstruir o existente e construir o inexistente, aprendendo a ver oportunidades).

Creative Experimentation

Chegou a hora de entender mais a fundo os recursos e todos os processo envolvidos no desenvolvimento de um projeto. Experimentar tecnologia é tarefa básica de um Creative Technologist.

Conheça a divisão desse módulo:

  • Ressignificando interações;
  • Contando histórias com tecnologia;
  • As 5 dimensões do Design de Interação;
  • Personas;
  • Usabilidade;
  • Heurísticas de Nielsen;
  • Jornada de Usuário;
  • Ferramentas;
  • Experimentos;
  • Inteligência Artificial.

Creative Technology Fora das Agências

Existe um vasto mercado criativo fora das agências de Publicidade. Neste módulo você vai conhecer os “Legal Terms” existentes do lado do cliente e como acontece o processo de trabalho.

Entenda como o módulo foi dividido, para melhor compreensão dos conceitos:

  • Jurídico;
  • Privacidade;
  • Segurança da Informação;
  • Acessibilidade;
  • Diversidade;
  • Criando tecnologia com conteúdo;
  • Como utilizar dados criativamente;
  • Diversas formas de executar a mesma ideia;
  • O que vem depois da ideia;
  • Estudo de cases;
  • Tendências.

Introdução à Programação

Sim, como Creative Technologist, você precisa entender sobre programação. Não que você precise ser expert no assunto, mas para poder dar vida às suas ideias, usando as ferramentas ideais, esse é um caminho pelo qual você precisará passar. E vai ser legal, pode confiar.

Vamos navegar juntos por tudo isso:

  • Introdução a HTML / CSS;
  • Linguagens de programação e Javascript;
  • Variáveis / If/else / Eventos (Javascript);
  • Loops e Funções (Javascript);
  • Texto em HTML e CSS;
  • Imagens em HTML e CSS;
  • Posicionamento de elementos em HTML, CSS e Javascript;
  • JQuery (biblioteca de Javascript);
  • Movimentação dinâmica de elementos (Javascript).

Desenvolvimento do Projeto de Conclusão do Curso e Apresentação

Chegou a hora de se formar e seguir na carreira como Creative Technologist.

O aluno terá coaching para desenvolver suas ideias. Aulas de prototipagem digital e prototipagem física. Vai também participar do evento Pergunte ao Professor, onde qualquer aluno do curso de Creative Technology da Miami Ad School poderá trazer um problema real relacionado com o curso e receberá orientação e feedbacks. No final apresentará o seu projeto para uma banca de professores e convidados.